Começou a campanha de vacinação contra a gripe em Imbé

Notícia

Começa nesta segunda-feira (23) e vai até o dia 1° de junho a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Em Imbé, a meta deste ano é imunizar cerca de 4.635 pessoas, divididas pelos grupos prioritários, com destaque para o total de 2.944 idosos e 1.161 crianças.

Integram o grupo de risco as crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes e puérperas até 45 dias após o parto, que deverão apresentar obrigatoriamente a carteira de vacinação ou, para os dois últimos casos, a carteira de gestante. Idosos com 60 anos ou mais e integrantes de povos indígenas também pode receber a dose mediante apresentação de documento de identidade.

Já os trabalhadores da área da saúde dos serviços públicos e privados podem ser imunizados apresentando documento de comprovação da função, assim como a população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adolescentes de 12 a 21 anos que estejam cumprindo medidas socioeducativas. Os professores das escolas públicas e privadas também integram o grupo de risco e deverão apresentar documento comprobatório para receber a vacina.

Finalizando o grupo de elegíveis para receber a imunização estão as pessoas de cinco a 59 anos que sejam portadoras de doenças crônicas e situações especiais, como doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença neurológica crônica, doença hepática crônica, diabetes e imunossupressão, além de obesos, transplantados e portadores de trissomia. Para estes casos a vacina só será aplicada com a comprovação médica ou outro documento específico.

Segundo o titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), enfermeiro Tierres da Rosa, a vacinação, embora não confira proteção completa nem proteção contra todas as causas de morte por problemas respiratórios, previne aproximadamente 30% dos casos fatais e não fatais em idosos, independentemente da etiologia, 40% dos casos de síndrome gripal e 50 a 70% das mortes em que o vírus influenza foi identificado em laboratório. “A vacinação contra influenza pode impedir milhares de internações. Adicionalmente, existem evidências de que a vacinação reduz em pelo menos dois dias o tempo de hospitalização”, lembra Tierres, complementando que a vacina da influenza é produzida com vírus mortos sem risco de causar a infecção pelo vírus da influenza.

Imbé conta com três pontos para aplicação da vacina, que é contraindicada para indivíduos com história de reação alérgica grave às proteínas do ovo. Nestes locais, que funcionarão de segunda a sexta (exceto feriados), também acontecerá o Dia D contra a gripe, no dia 12 de maio, sábado, das 8h às 17h (sem fechar ao meio-dia).

Saiba onde se imunizar:

POSTO DE SAÚDE 24 HORAS (Rua Araranguá, 512, Centro) – de segunda a sexta, das 7h às 18h30, sem fechar ao meio-dia

UBS MARILUZ (Av. Paraguassú, esquina com a Rua Canoas, balneário Mariluz) – de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h

ESF NOVA NORDESTE (Rua Maria Clara Machado, 175, bairro Nova Nordeste) – de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h

 

Decom/Imbé

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.