Painel da vacinação contra Covid-19 permite novo acompanhamento das doses aplicadas em crianças e adolescentes

Destaques Geral Notícia

O painel da vacinação contra a Covid-19 do Estado permite, a partir desta terça-feira (22/2), um acompanhamento mais completo do andamento da campanha com crianças de cinco a 11 anos e com adolescentes de 12 a 17 anos. Agora, o site vacina.saude.rs.gov.br tem novas tabelas com os dados desses públicos específicos por município, com o número de doses aplicadas e quanto isso representa da população residente dessa faixa etária.

Salvador das Missões, na região Noroeste do Estado, aparece como o município mais avançado na vacinação das crianças, já tendo 95% do público dos cinco aos 11 anos recebido a primeira dose. São José do Inhacorá, Porto Vera Cruz, Carlos Gomes e Novo Xingu são outras cidades em destaque, todas com 75% ou mais de cobertura até esta terça (22/2).

Esses dados são os que já aparecem registrados no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI). Muitas cidades ainda não fizeram a digitação das doses aplicadas no último sábado (19/2), durante o Dia C de vacinação das crianças. Ao todo, foram mais de 72 mil doses aplicadas nessa data em todo o Rio Grande do Sul. Somadas as doses que já aparecem na página da SES com as de sábado que ainda não constam, já são cerca de 390 mil crianças de cinco a 11 anos vacinadas com a primeira dose, que representam 40% do total da população estimada desta faixa.

Vacinação dos adolescentes

Os jovens entre 12 e 17 anos passam também a contar com uma tabela separada para o acompanhamento por município. Por meio do painel, é possível hoje observar que 51 cidades do Estado já vacinaram com duas doses mais de 100% do público dessa faixa etária. Outros 123 municípios estão com esse índice acima dos 80%. Ao todo, o Rio Grande do Sul tem 88% dos jovens com a primeira dose e 61% com o esquema de duas doses realizado.

Estimativas populacionais

Os dados da população por município e idades são estimativas a partir das informações disponibilizadas pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus) em datasus.saude.gov.br/populacao-residente. Esse sistema usa como base as projeções populacionais do IBGE, tendo como referência o ano de 2020.

O número de residentes por município só é fornecido em faixas com intervalo de cinco em cinco anos. Por isso, para a estimativa da população de cinco a 11 anos o cálculo é feito com o número estimado para a faixa de cinco a nove anos mais dois terços da faixa de 10 a 14. Da mesma forma, a estimativa para os adolescentes de 12 a 17 anos é feita com a somatória de três quintos da faixa de 10 a 14 anos e três quintos da faixa de 15 a 19 anos.

Texto: Ascom SES
Edição: Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.