Solução do Programa RS Seguro é finalista no maior prêmio de tecnologia aplicada à gestão pública do mundo

Foi desenvolvida no Rio Grande do Sul a única solução latino-americana selecionada entre as melhores do mundo como finalista do mais importante concurso de tecnologia aplicada à gestão pública no planeta, o Prêmio Gartner Eyes on Innovation Awards For Government 2021. O sistema utilizado pela Gestão de Estatística em Segurança (GESeg), desenvolvido pelo Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Procergs) para atender a Secretaria da Segurança Pública (SSP) dentro do Programa RS Seguro, foi apontado por especialistas em Tecnologia da Informação e Comunicações como um dos mais inovadores no apoio ao combate ao crime.

A partir do trabalho de ciência de dados, a plataforma de análise tecnológica, que já opera em versão beta, automatiza cálculos e fornece relatórios em padrões visuais para acelerar e aprimorar a leitura dos dados de ocorrências, o que qualifica o acompanhamento de foco territorial adotado pelo RS Seguro para monitorar os indicadores criminais e traçar as estratégias de prevenção e repressão.

“Só o fato de termos sido selecionados entre os finalistas já é motivo de sobra para celebrar. Somos o único representante não só do Brasil, mas de toda a América Latina, neste que é um dos maiores reconhecimentos a iniciativas que aprimorem a gestão do setor público. Sem dúvida, isso comprova o acerto do RS Seguro em estabelecer a inteligência como uma de nossas premissas. Ao orientar as estratégias de combate ao crime a partir de bases científicas, conseguimos alcançar, nos últimos dois anos e meio, os menores indicadores criminais da última década”, destacou o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior.

A solução gaúcha participa da final que tem como principais concorrentes tecnologias desenvolvidas na Flórida, na Califórnia e em Nova York, nos Estados Unidos. A definição do projeto vencedor será feita a partir de uma votação na Internet, da qual qualquer pessoa que atue no setor público (municipal, estadual e federal), abrangendo as esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário, pode participar. Clique aqui (http://bit.ly/vote-geseg) e participe da votação!

Como votar

O processo pede a escolha em três grupos de finalistas.

  • 1° – O primeiro reúne projetos da Ásia e do Pacífico – você pode votar em um dos quatro selecionados e seguir para o próximo grupo.
  • 2º – Esse bloco traz as iniciativas de América do Norte e do Sul. Vote na GESeg!
  • 3º – O terceiro grupo elenca soluções desenvolvidas na Europa, Oriente Médio e África. Finalize sua participação votando em um dos projetos.

A Gestão de Estatística em Segurança (GESeg)

A partir do diagnóstico dos municípios considerados prioritários, o RS Seguro elaborou uma sistemática para colocar em prática o uso aprimorado de dados estatísticos no combate ao crime, primeiro eixo do programa. Foi definida a realização mensal do monitoramento de quatro indicadores, três comuns a todos os municípios e um indicador escolhido conforme a realidade local de cada um.

Para fazer o monitoramento desses indicadores nos 23 municípios, a equipe técnica do RS Seguro elaborou um processo com ciclos mensais da Gestão de Estatística em Segurança, com quatro instâncias de análise, o GESeg. O sistema desenvolvido pela Procergs auxilia com a automatização de cálculo e fornecimento de relatórios visuais que aprimoram a utilização dos dados.

O trabalho de avaliação e estratégia tem início em cada unidade operacional das cidades abrangidas até chegar a um colegiado de governo, onde o plano de ação passa a ser validado diretamente pelo governador Eduardo Leite e pelo vice-governador, Ranolfo. Essa última instância atua em reuniões que ocorrerem sempre na segunda quinta-feira de cada mês – a reunião de novembro ocorre nesta quinta-feira (11/11).

Com essa sequência de reuniões, o GESeg atribuiu uma metodologia sistemática para avaliação permanente da evolução dos dados. Dessa forma, a cada mês, os gestores conseguem identificar quais indicadores reduziram ou se elevaram, quais os pontos que precisam de atenção, e quais estratégias tiveram melhores resultados, o que também permite compartilhar as boas práticas entre os diversos órgãos envolvidos.

Além disso, ao levar o diagnóstico desde os atores da ponta até o governador e o vice, a GESeg qualifica a gestão e o planejamento com um trabalho de governança, com alinhamento na prioridade atribuída pela atual gestão do Executivo à área de Segurança Pública.

No final de setembro, como parte dos R$ 280,3 milhões de investimentos anunciados pelo Avançar na Segurança –  o maior montante destinado de uma só vez para a área na história do RS, com recursos exclusivamente do Tesouro Estadual –, a SSP apresentou o aporte de R$ 2,4 milhões para manutenção e evolução do Sistema GESeg. O valor permitirá a renovação de licença e ampliação de recursos da ferramenta de análise espacial utilizada na solução desenvolvida pela Procergs.

Texto: Carlos Ismael Moreira/SSP e Eurivan Barbosa/Procergs
Edição: Ascom SSP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com