Prefeitura de Tramandaí cria estrutura especial para receber pessoas em situação de rua durante o inverno 👏🙏

A Prefeitura de Tramandaí, pelo terceiro ano consecutivo, está realizando a ação solidária de acolhimento dos moradores em situação de rua. O programa é desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, com o apoio das Secretarias da Saúde, Obras e Segurança.
Nesta edição, houve uma alteração do local que está recebendo os moradores em situação de rua. O albergue foi montado junto a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, localizada na Avenida Fernandes Bastos, ao lado do Corpo de Bombeiros.
“Optamos por essa mudança visando trazer mais segurança e conforto a essas pessoas em situação de vulnerabilidade. Todos os moradores em situação de rua recebem roupa limpa, avaliação médica, alimentação e tem direito a banho e cama. Criamos um espaço especial também para os cães que acompanham os moradores. Eles também tem direito a cama e alimentação fornecida pelo Canil Municipal”, explica o Secretário de Desenvolvimento e Assistência Social Clayton Ramos.
Em média, cerca de 15 pessoas estão passando as noites no albergue, mas em determinados dias até 30 moradores em situação de rua já procuraram o local.
“Mais uma vez estamos acolhendo os nossos irmãos neste período de frio que assola o Estado. Queremos agradecer a todos que estão trabalhando e contribuindo para esta ação tão especial. Temos uma equipe que circula pela cidade buscando outras pessoas em situação de rua que queiram também se proteger das baixas temperaturas no abrigo”, disse o Prefeito Luiz Carlos Gauto.
👉 Como funciona:
✅ Qualquer morador em situação de rua pode procurar o albergue da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, localizado na Avenida Fernandes Bastos, ao lado do Corpo de Bombeiros. O local é aberto diariamente às 18h
✅ A Prefeitura está circulando pela cidade identificando e convidando os moradores em situação de rua para ficarem no ginásio.
✅ Os moradores em situação de rua podem levar cães, que também recebem alimentação e um local para dormir.
✅ Toda a pessoa que procurar o ginásio também pode levar seus utensílios, como carrinhos e ferramentas.
✅ Nenhum morador em situação de rua é obrigado a ir para o Ginásio. Temos casos específicos na cidade em que alguns moradores optaram por continuar na rua. Mesmo diante da negativa, a Prefeitura monitora o quadro de saúde de cada cidadão.
O acolhimento de pessoas em situação de rua teve início no dia 1° de Julho e seguirá por todo o inverno.
✍️Texto: Paola Damazio (ASCOM)
📷 Fotos: Felipe Machado (Colaboração)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com