PREFEITURA DE IMBÉ: IDOSOS DEVERÃO FAZER CADASTRO PARA RECEBER VACINA CONTRA A COVID-19

O prefeito Ique Vedovato esteve reunido na manhã desta quinta-feira (04) com servidoras do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde e do Departamento de Comunicação (Decom) para os alinhamentos finais do pré-cadastro para pedido de vacinação contra a COVID-19 e também do “vacinômetro”. Além disso, foi anunciado o recebimento de mais 360 doses da Coronavac, vacina produzida pelo Instituto Butantan e pelo Laboratório Sinovac, que chegaram a Imbé no final da tarde da quarta-feira (03).
Conforme a coordenadora do setor, enfermeira Caroline Pimenta, do total recebido, 300 doses serão destinadas à administração da segunda dose naquelas pessoas que já haviam recebido a primeira dose na etapa inicial da campanha (são necessárias duas doses da vacina para considerar o esquema de imunização completo). As outras 60 complementam o lote já recebido para seguirem imunizando os trabalhadores da saúde, agora já abrangendo aqueles que exercem suas funções na iniciativa privada e profissionais liberais da área. “Os profissionais de saúde ainda não imunizados deverão entrar em contato com a Vigilância Epidemiológica para agendarem o administração da vacina, através do telefone 3627-8299. É importante ressaltar que é obrigatória a apresentação de comprovação do exercício da profissão”, lembra a enfermeira.
O Decom está concluindo o site que será o único meio de cadastro para que os idosos com idade acima de 60 anos solicitem o pedido de vacinação. “Devemos frisar que as pessoas não serão vacinadas por ordem de inscrição, e sim conforme os grupos que forem sendo destacados pelo Ministério da Saúde como prioritários, como os idosos de idade mais avançada, por exemplo”, ressalta a enfermeira Caroline.
O cadastro estará disponível a partir da próxima segunda-feira (08), através do seguinte endereço eletrônico: www.vacina.imbe.rs.gov.br. Acessando o site, um formulário deverá ser preenchido e, na conclusão, será efetivado o pré-cadastro. A vacinação ocorrerá de forma gradual, de acordo com a distribuição de doses para o município e das indicações de aplicação da vacina determinadas pelo Ministério da Saúde. Esta campanha envolve as três esferas gestoras do Sistema Único de Saúde (SUS), contando com recursos da União, da Secretaria Estadual de Saúde e da Prefeitura.
“O ‘vacinômetro’ será outra ferramenta que auxiliará a população e o poder público no controle das doses recebidas e utilizadas nos grupos prioritários, e estará disponível no mesmo link do cadastro para recebimento das vacinas”, destaca o servidor do Decom responsável pela criação do portal, Maurício Marques.
————————————————
📝 TEXTO e 📸 FOTO: Leandro Luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com