Prédio onde funcionava Foro de Capão da Canoa é cedido à Polícia Civil

A Delegacia de Polícia de Capão de Canoa terá novo endereço. O órgão deverá ocupar o prédio em que funcionava o Foro do município. O termo de cessão de uso entre o Poder Judiciário e o Governo do Estado foi assinado na tarde desta quinta-feira (29), durante a cerimônia de inauguração do novo prédio do Foro da Comarca de Capão da Canoa e instalação do 2º Juizado da Vara Criminal, situado na Av. Central, 1981.

Assinaram o referido termo, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Voltaire de Lima Moraes, e o vice-governador do Rio Grande do Sul e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior.

O imóvel cedido à Polícia Civil fica localizado na Rua Rudá, 771, no Centro de Capão da Canoa. Com área de 1.446,58m², dividida em quatro pavimentos, a edificação apresenta bom estado de conservação. Em 2018, foi executada reforma de manutenção no imóvel, que possui elevador, climatização e estacionamento para 13 vagas (uma delas PCD).

Fachada de prédio de quatro andares na Rua Rudá, 771, Centro de Capão da Canoa, onde funcionava o Foro da cidade e que foi cedido para a Polícia Civil.
Imóvel de quatro pavimentos fica na Rua Rudá, 771 – Foto: ArquivoTJRS

A parceria com o Judiciário vai ao encontro da premissa de integração do RS Seguro e também se enquadra no terceiro eixo do programa, que prevê a qualificação dos serviços prestados à população. As novas instalações permitirão aos policiais civis proporcionar atendimento em espaço com mais conforto e ambiente adequado para acolhimento da população.

“Essa é uma parceria muito importante e eu fico feliz que o Judiciário tenha condições de ser nosso parceiro e realizar momentos como este. Quero enfatizar também a representatividade deste investimento em Capão da Canoa, levando em consideração o foco territorial do Programa RS Seguro nos 23 municípios em que se concentra a criminalidade do Estado. Esta cedência representa um acréscimo de qualidade para os agentes e para o conforto da comunidade gaúcha que estiver buscando atendimento”, enfatizou Ranolfo.

O desembargador Voltaire de Lima Moraes exaltou a união do trabalho das instituições públicas. “Quando existe esse apoio de todos conquistamos melhores condições de trabalho. Mostramos que temos um olhar para questões importantes, tanto com os operadores quanto com a sociedade”, disse Voltaire.

O Chefe de Polícia em exercício, delegado Fábio Motta Lopes, participou da solenidade juntamente com a Delegada Regional da 23ª DPRI-Osório e titular da DP de Capão da Canoa, delegada Sabrina Deffente, o diretor do Foro da Comarca de Capão da Canoa, Dr. Ivan Fernando de Medeiros Chaves, o prefeito de Capão da Canoa, Sr. Amauri Magnus Germano, entre outras autoridades.

Antes da instalação da Delegacia de Polícia, o prédio deverá passar por algumas adaptações como, por exemplo, a criação de um espaço para carceragem. A próxima etapa será a elaboração do projeto arquitetônico e a captação de verba para execução da obra.

Texto: Ascom PC
Edição: Ascom SSP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com