POLÍCIA CIVIL REPRESENTA POR PRISÃO PREVENTIVA DO CAUSADOR DE ATROPELAMENTO EM MOSTARDAS

Polícia Civil de Mostardas pede prisão de suspeito de roubo que atropelou criança durante fuga
Na noite de ontem, 04/01/22 uma criança foi atropelada por uma motocicleta em Mostardas enquanto brincava na calçada. O condutor era suspeito de roubo a pedestre e, após desrespeitar ordem de parada emitida pela Brigada Militar, empreendeu fuga utilizando veículo sem placa e com numeração do chassi raspada vindo a causar o acidente.
Poucos metros após o local do acidente o suspeito foi capturado e conduzido ao plantão da Polícia Civil, oportunidade em que foi autuado em flagrante delito e recolhido à prisão.
Na manhã de hoje, o delegado Tiago Souza instaurou inquérito policial para apurar os crimes de lesão corporal de trânsito (art. 303, CTB), desobediência (art. 330, CP), Adulteração de sinal de veículo automotor (art. 311, CP) e receptação (art. 180, CP), cujas penas somadas ultrapassam 12 anos de prisão.
Considerando a gravidade dos fatos, bem como a circunstância de ser o indivíduo criminoso habitual indiciado pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse de drogas, furto qualificado em residência e estabelecimento comercial, lesão corporal, resistência, desobediência, injúria e ameaça, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva objetivando que ele permaneça preso durante a tramitação do processo para preservar a ordem pública contra o risco da prática de outros crimes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com