Governo do RS é finalista na maior premiação em governo eletrônico do Brasil

O governo do Estado – por meio da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), da Secretaria da Segurança Pública (SSP), do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Procergs) e do Escritório de Desenvolvimento de Projetos (EDP) –, é finalista com duas soluções no maior prêmio de excelência em governo eletrônico do país, o Secop 2021. A plataforma unificada de serviços (rs.gov.br) e o Sistema de Gestão Estatística em Segurança do Estado (GESeg) foram classificados em suas respectivas categorias: e-Serviços e e-Administração. Os vencedores serão conhecidos dia 8 de dezembro, na entrega do Prêmio E-gov.

O portal rs.gov.br, um dos finalistas, concentra atualmente 487 serviços estaduais, sendo 63% deles digitais. A meta é chegar a 100% até o fim de 2022. Além das funcionalidades referentes ao Executivo gaúcho, também é possível acessar serviços de outras esferas. O site, aliado aos demais canais digitais de órgãos do Estado, ultrapassa a marca de 4,66 milhões de acessos mensais, em média.

“Nossa administração sempre colocou entre seus objetivos estratégicos a qualificação na prestação dos serviços à sociedade por meio da digitalização e desburocratização dos processos. Participar como finalista nesta premiação é um sinal de que estamos conseguindo, com diretrizes de gestão claras e resiliência de propósito, atingir estes objetivos”, diz o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Claudio Gastal.

O diretor-geral do EDP, Hiparcio Stoffel, destaca a oferta de serviços digitais da plataforma unificada de serviços do RS. “Trabalhamos sob a clara diretriz de estabelecer um governo digital, mais simples e menos burocrático, que esteja disponível na palma da mão de todos os gaúchos. Já oferecemos mais de 300 serviços estaduais digitais, em um movimento com o propósito de ressignificar a relação do Estado com o cidadão”, afirma.

O sistema utilizado pela Gestão de Estatística em Segurança (GESeg), desenvolvido pela Procergs, atende a Secretaria da Segurança Pública (SSP) dentro do programa RS Seguro. A partir do trabalho de ciência de dados, a plataforma de análise tecnológica, que já opera em versão beta, automatiza cálculos e fornece relatórios em padrões visuais para acelerar e aprimorar a leitura de informações sobre ocorrências, o que qualifica o acompanhamento de foco territorial adotado pelo RS Seguro para monitorar os indicadores criminais e traçar as estratégias de prevenção e repressão.

Com o auxílio do sistema, o RS Seguro mantém o monitoramento mensal de quatro indicadores, três comuns a todos os 23 municípios identificados como prioritários por concentrarem a maior parte das ocorrências, e um indicador escolhido conforme a realidade local de cada um. Esse ciclo mensal de reuniões, com quatro instâncias de análise, que parte desde as autoridades locais até um encontro com o governador Eduardo Leite e o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, compõe a GESeg.

“Essa já é a segunda participação do sistema GESeg como finalista de prêmios que reconhecem as boas práticas no uso da tecnologia pela administração estatal. É aguardado o resultado do Prêmio Gartner, algo como o Oscar da tecnologia aplicada à gestão pública em todo o mundo, no qual é o único representante da América Latina. Agora, a presença entre os finalistas do Secop consolida nacionalmente o acerto do RS Seguro em estabelecer a inteligência como uma de nossas premissas. E a parceria com a Procergs para desenvolvimento do sistema GESeg é fundamental para a redução que temos alcançado nos indicadores criminais”, afirmou Ranolfo.

Sobre o prêmio

O Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (e-Gov), do Secop, foi criado em 2002, pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep) e pelo Ministério da Economia. Entregue anualmente, tem como objetivos reconhecer e incentivar o desenvolvimento de projetos e soluções de governo eletrônico nas administrações públicas federais, estaduais e municipais, assim como divulgar as iniciativas que, com o uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação, modernizam a gestão pública em benefício do cidadão brasileiro

Em sua 19ª edição, o prêmio neste ano considera iniciativas de governo eletrônico cujo foco seja o uso da tecnologia da informação e comunicação (TIC) aplicada a um amplo arco de funções de governo e, em especial, na relação deste com a sociedade. As iniciativas, além de terem que promover relações em tempo real, e de forma eficiente, devem fomentar também boas práticas de governança, sendo catalisadoras de mudanças democratizantes nas estruturas de governo.

Texto: Ascom SPGG e Ascom Procergs
Edição: Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com