Governo do RS coloca à venda aeronaves da Brigada Militar

Seis aeronaves da Brigada Militar (BM) serão colocadas à venda pelo governo gaúcho na próxima sexta-feira (7). São três aviões e três helicópteros, sendo um deles avaliado em quase R$ 2,6 milhões. Se todos os itens forem arrematados, a arrecadação mínima pode ultrapassar os R$ 3,3 milhões.

De acordo com a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), os recursos serão destinados ao Fundo Especial da Segurança Pública e reinvestidos na própria BM. Conforme o tenente-coronel Danúbio Lisboa, comandante do Batalhão de Aviação, as aeronaves foram utilizados pela corporação por quase três décadas.

— O leilão faz parte do processo de reengenharia da frota, com a chegada dos novos helicópteros, em 2015 — explica.

Lisboa frisa, ainda, o alto custo de manutenção dos equipamentos antigos, com a dificuldade de encontrar peças para reposição.

— São aeronaves que não se adequam mais ao nosso modelo de policiamento atual — observa.

Organizada pela Subsecretaria Central de Licitações (Celic), a abertura das propostas será às 10h, no segundo andar do Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), na Avenida Borges de Medeiros, nº 1501, em Porto Alegre. As aeronaves podem ser examinadas até a próxima quinta-feira (6), junto ao hangar do Batalhão de Aviação da BM, que fica no aeroporto Salgado Filho.

Conforme a Seplag, o vencedor da licitação poderá quitar o bem em até 36 parcelas. Os três aviões têm avaliações iniciais entre R$ 45 mil e R$ 103 mil.

As aeronaves

Helicóptero Bell 230, ano 1994, avaliado em R$ 2.592.080,00
Helicóptero 269C-1, ano 1997, avaliado em R$ 224 mil
Helicóptero 269C-1, ano 1998, avaliado em R$ 292 mil
Avião EMB-711 ST, ano 1981, avaliado em R$ 103 mil
Avião AMT-200, ano 1989, avaliado em R$ 45 mil
Avião AMT-200, ano 1990, avaliado em R$ 49 mil

Correio Brigadiano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *