Defensoria Pública realizará 2ª Pesquisa de Opinião Pública e 1ª Pesquisa de Satisfação dos Usuários

A percepção da sociedade gaúcha acerca da atuação da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) será aferida novamente, entre 30 de julho e 10 de setembro de 2019, por meio da 2ª Pesquisa de Opinião Pública, que vai mensurar o grau de confiança e o conhecimento da população sobre as atividades desempenhadas pela instituição. Os dados serão comparados com os resultados da pesquisa realizada em 2016. Em paralelo, ocorrerá a 1ª Pesquisa de Satisfação dos Usuários da DPE/RS, para apurar o nível de satisfação das pessoas atendidas pela instituição. Mensurar o nível de satisfação dos assistidos com o atendimento prestado pela instituição é uma das metas do Planejamento Estratégico (PED) e uma determinação da Lei nº 13.460, de 26 de junho de 2017, que dispõe sobre participação, proteção e defesa dos direitos dos usuários dos serviços públicos.

Os resultados de ambas as pesquisas vão permitir a identificação de oportunidades de melhorias dos serviços prestados pela instituição e o aperfeiçoamento da comunicação com a sociedade gaúcha.

2ª Pesquisa de Opinião Pública

A pesquisa de opinião será quantitativa, com amostragem representativa da população, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), contemplando todas as microrregiões do Rio Grande do Sul, em 76 municípios, selecionados por método estatístico pela empresa contratada. As entrevistas serão individuais, em diferentes pontos de fluxo de pessoas nas cidades selecionadas.

1ª Pesquisa de Satisfação dos Usuários da DPE/RS

Também quantitativa, serão feitas entrevistas por telefone com pessoas que utilizaram os serviços da Defensoria Pública nos últimos meses, em 60 municípios, atingindo todas as microrregiões do estado. O plano amostral também será elaborado pela consultoria, a partir de dados fornecidos pela instituição.

Cartas de referência

Com o objetivo de aumentar a confiança da pesquisa por parte dos entrevistados, os entrevistadores serão identificados por meio de crachá e colete da empresa Promáxima e portarão uma carta de referência da Defensoria Pública a ser apresentada ou enviada aos entrevistados no momento da abordagem. Confira as cartas de referências das duas pesquisas nos anexos.

Sistema de Análise

Para a análise das informações, a equipe técnica da Promáxima utilizará o software IBM Statistical Package for the Social Sciences, um dos mais recomendados mundialmente para tratamento de informações estatísticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com