Compromisso com a comunidade: Obra da Escola Rosa dos Ventos mudará a vida de dezenas de famílias no Parque dos Presidentes

As inúmeras obras e ações da Prefeitura estão colocando Tramandaí como referência educacional no Estado. Um dos projetos que promete transformar a vida de dezenas de famílias é a Escola Rosa dos Ventos, cuja obra foi retomada pela administração do Prefeito Luiz Carlos Gauto em 2019, após ser abandonada no ano de 2015. Quando concluída, ela abrigará 250 alunos.

Sobre a importante obra, Cláudia Nunes, Assessora da Secretaria de Educação, traz importantes informações:
A EMEI ROSA DOS VENTOS nasceu através de um cadastramento de obra no SIMEC/PAR no ano de 2013, onde o município foi contemplado com os recursos financeiros para sua construção.

Foi registrada no SIMEC/PAR com o ID 1001864 PAC2 CRECHE-PRÉ-ESCOLA 001, no valor de R$ 1.496.715,41 (Termo de Compromisso n° 6185/2013), processo n° 23400006174201300.

O início da execução da obra datou de 16/06/2014 e foi paralisada em 05/11/2015, pois foi abandonada pela construtora e consequentemente pelo município, que na época, não conseguiu garantir a preservação e a segurança da área construída que na ocasião, totalizava 50.95%. O pagamento do serviço executado foi realizado, pois o Governo Federal disponibilizava o repasse de acordo com o percentual de execução. O recurso desta obra, NADA TEM A VER COM FUNDEB E SALÁRIO-EDUCAÇÃO!

Quando ocorreu a troca de gestor municipal, no início de 2017, o prefeito eleito, Sr. Luiz Carlos Gauto, ao tomar conhecimento da situação desta obra, que encontrava-se paralisada e depredada, já não apresentando mais os 50.95% de área construída devido ao abandono e depredação, tomou as devidas providências ajuizando uma ação contra a empresa executora, conforme demonstrado nas imagens postadas, e daí por diante, estabeleceu -se um diálogo com o FNDE para a retomada da obra e o município não ser punido ao ter que devolver mais de 700.000,00 que foram gastos anteriormente, aos cofres públicos da UNIÃO, por negligência na administração deste tão importante recurso.

A solução apresentada foi então acatada, onde através de processo licitatório, conseguimos colocar a obra em execução. A obra então teve sua carta de início datada de 17/04/2019 e será paga com recursos próprios (MDE) num valor total de R$ 1.639.384,52. Fica aqui o meu convite, para que, se o assunto for EDUCAÇÃO, dirija-se à SMEC, pois não somente eu, mas toda nossa equipe terá o imenso prazer em recebê-los e fornecer as explicações devidas. Uma coisa é certa, não vemos a hora de podermos entregar esta tão importante obra para a comunidade! Um forte abraço a todos!

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *